atendimento@ebeji.com.br | (83) 3031-1004

Blog EBEJI

Dos Limites do Poder Judiciário na Revisão de Acórdãos do TCU

O Tribunal de Contas da União é o órgão constitucionalmente competente para, dentre outras, julgar as contas dos gestores de recursos públicos federais e aplicar-lhes as penalidades eventualmente cabíveis, nos precisos termos dos incisos II e VIII do art. 71 da Constituição Federal (…)


Das Demarcações dos Terrenos de Marinha e da Desnecessidade de Ação Judicial para Retificação do Registro Cartorário.

Não raro as Procuradorias da União se deparam com ações visando a anulação de demarcação de terreno de marinha e a desconstituição da propriedade da UNIÃO sobre esses bens, visando, de forma final, impedir a cobrança de taxa de ocupação, foros e laudêmios.


Da Hipótese de Responsabilidade Solidária da Administração pelos Encargos Previdenciários Devidos por Construtoras.

A questão que este post se propõe a refletir é: quando a Administração Pública contratar um construtor para a realização de obras de construção, reforma ou acréscimo, e não havendo cessão de mão de obra na execução do serviço, haverá responsabilidade solidária em relação aos encargos previdenciários eventualmente não pagos pelo construtor?


O “carona” no novo sistema registro de preços (RP).

A figura controvertida do “carona”, também chamado de órgão aderente por parte da doutrina recebeu novo disciplinamento do Decreto nº 7.892/2013.


Quem defende o interesse público nas ações anulatórias de TAC firmadas pelo MPT? A União ou próprio MPT?

União. Fazenda Pública. Legitimidade. Ações anulatórias. TAC. Ministério Público do Trabalho.